[mangá] Candy ~Cap.10~ e.. FIM.

E é o fim, Pius :O (eu realmente acho que não se fazem mais histórias como antigamente, a maioria das séries yuri atuais não tem mais de 25 cap. Y_Y)
Foi assim, com apenas 10 caps que Candy chegou ao fim (não que o fim seja ruim, nem nada do tipo, o que me mata é a brevidade das séries).
Neste cap. final, Kanan finalmente percebe o que está acontecendo em sua vida e na vida de sua senpai, isso faz com que a história tenha o desfecho que merece (e que todos aguardam, creio eu =P).
O que eu achei mais interesante do final da série, Pius, foi a apresentação de um futuro após o fim do Colegial (uns 6 anos depois, mais ou menos).
Mas é assim, Pius, mais um fim para nossa coleção, e se qualquer um perguntar, sim, eu recomendo essa leve e delicada histórinha *-*
Li no Dynasty  😉

Anúncios

[mangá] To aru kagaku no Railgun, a espera.

Você não vai acreditar, Pius (eu não acreditei, você também não vai!:P). Esse mês não vai ter lançamento de To Aru Kagaku Railgun Y.Y.
Era o lançamento que eu mais estava esperando (é um dos poucos que fico esperando agora), tem um lançamento mensal e eu estava toda empolgada quando virou o mês, mas passou uma semana sem nada, e depois outra, e eu fiquei sabendo que por algum motivo (vai saber qual…) o próximo lançamento será só em outubro T_T.
(lógico, como sempre acontece, o último cap, acabou quando começou a ficar interessante ò.ó)

Eu descobri esse mangá por acaso, quando li um doujin no Dynasty (bem, não é muito aconselhável para os que possuem muito pudor, ou forem menores de idade (sim, é um doujin hentai u.u)). A partir do doujin fui procurar a história mesmo, e encontrei um mangá em lançamento, e um anime com duas temporadas.
Particularmente, me interessei pela história do mangá, e venho acompanhando desde então. Já o anime, não me desce :S (não entendo porque uma história boa precisa de tanta apelação e desvio de enredo, simplesmente não consegui ver o anime além do ep. 5 =/ (ferraram legal com a imagem da Mikoto (acho que eu tenho uma queda pelas difíceis :3)))
Pra quem conhece o mangá/anime ToAru Majutsu no Index, vai reconhecer alguns personagens (já que é um crossover *-*)
O mangá de Railgun pode ser lido online no Manga fox, e em português no Reb mangá

[who knows] Fairy Tail na tv brasileira?

Bom, Pius, hoje nem vou falar de nada yuri (como assim,  sem yuri hoje?! Y.Y).
A questão é a seguinte:  Estava eu, passeando pelas redes sociais (sim, eu tamém faço isso, Pius, (cê já deveria saber!),quando, de repente, me deparo com tal afirmação (?), Fairy Tail vai passar no SBT.(Tudo bem, Pius, sempre acontece de existirem esses boatos)
Minha primeira reação: oO Como assim vão dublar Fairy Tail? Por quê? Vai ficar horrível… =/
Minha segunda reação: Noossa, mas será que vão dublar mesmo? Vai ficar tãããão horrível ='(


Foi então, meu caro Pius, que fui procurar a respeito, pra saber realmente. Pelo que tudo indica, a Cartoon comprou os direitos do anime, o que quer dizer que realmente virá para o Brasil, na tv paga. Já na tv aberta, ainda são apenas rumores, pode acontecer? Pode, claro que pode, já fizeram isso com One Piece, podem fazer novamente.
Mas, o que está mais preocupando os fãs da série, caso venha a ser verdade o tal boato, é o que isso vai gerar para a comunidade otaku do país: os chamados Posers (e também a provável dublagem e censura).
Aí, querido Pius, você me fala: Nossa, Maxi, mas é lógico que isso vai acontecer, a quantidade de pessoas que se dirão fãs, sem realmente conhecer a história na integra, e blá, blá, blá…
Que seja, Pius, mas na minha época de criança passava na tv aberta, Dragon Ball, Dragon Ball Z, Cavaleiros do Zodíaco, Shurato e outros. Na época, isso gerou posers? como eu vou saber? Eu era criança, eu via porque gostava, porque passava na tv, a gente juntava todo mundo pra ver e ainda brincava na rua com o que via na tv. Atualmente,  ser ‘otaku, nerd, gamer’ é modinha, não acredito que o pior que possa acontecer quando (se) FT  passar na tv,  seja o aumento do número de ‘fãs de oportunidade’.
O que me deixa mais assustada (?(não sei se é essa a palavra)) é a questão da dublagem.
(Nossa, mas como você é contraditória disse que via anime na tv aberta, claro que era dublado) Sim, eu vi todos com dublagem, e uma dublagem muito boa, diga-se de passagem (e ver esses mesmos animes antigos com a dublagem brasileira da época traz aquele sentimento de saudosismo e nostalgia).
Não sou nenhuma especialista, nem entendo muito do assunto, mas o estúdio responsável pelas melhores dublagens de animes (na minha humilde opinião) é o Álamo, que infelizmente, fechou as portas. Ou seja, já são 75% menos de chance de o anime ser bem dublado (claro que eu posso estar errada, e há a chance de ficar tudo muito lindo >.<)
Agora a censura (toda censura é burra, Pius, não se esqueça). No Japão, nem todo desenho é coisa de criança. Eles são classificados por faixa etária, como
(desculpe a comparação, Pius =/) as novelas no Brasil.
Acontece, que em nossa cultura, animações (seja da origem que for) é visto como meio de entretenimento para crianças. Quando alguma empresa compra os direitos de animes, tem que se adequar as leis vigentes no país, sobre censura e horário de exibição.O que se torna uma coisa contraditória em nosso país, uma vez que o conteúdo expresso nos folhetins atuais, é tão agressivo e de tão fácil acesso às crianças de uma forma que nenhum anime (que pelo menos eu tenha visto) que enquadrou qualquer grade de programação até hoje.
Sim, o anime será censurado, mas em comparação com o mangá, ele na forma original já sofre alguma censura.
Se realmente acontecer, que as pessoas que assistirem e tiverem acesso e curiosidade, busquem saber mais sobre a versão original.
De minha parte, Pius, passando na tv aberta ou não, não irá alterar minha rotina de ver Fairy tail legendado nas tardes de domingo =P (até porquê eu não tenho tv mesmo, nem pra ver canal aberto menos ainda pago T.T)